Curta da Semana – 9ª Edição

49051_107137_1

Mais uma semana, mais uma Curta! Desta vez é “The Wise Little Hen” ou, em português, “A Galinha Espertalhona” que ganha um espacinho no blog que nos faz voltar aos tempos de infância. Queres saber mais? Faz como de costume.

 

A curta conta-nos, em cerca de 7 minutos, a história de uma mãe galinha que, juntamente com os seus filhotes, vai ao encontro do Porco Peter e do nosso conhecido Pato Donald, no intuito de lhes pedir um grande favor: ajudá-la a plantar milho, para poder fazer refeições para a família, agora que o tempo era propício à agricultura. Sai então com um cesto cheio de sementes de milho e dirige-se primeiramente à casa do Porco Peter e encontra-o a dançar e a cantar. Assim que a avista, Peter dirige-se à galinha e faz-lhe uma vénia e ela faz-lhe então a sua proposta: “Ajudas-me a plantar o milho?”. Preguiçoso, Peter arranja a primeira desculpa que lhe vem à cabeça, agarrando-se ao estômago e dizendo que está com dor de barriga, e esconde-se atrás de sua casa. Triste, dirige-se então a casa do seu amigo Donald, que reage exactamente da mesma maneira que Peter. Sendo assim, a família decide trabalhar sozinha. Dirigem-se ao campo e trabalham juntos, utilizando as mais variadas técnicas e instrumentos, e vêm o seu trabalho a dar frutos. As espigas de milho estão a crescer, está na altura de colher.

Mais uma vez, a mãe galinha procura recorrer à ajuda dos amigos, que desta vez estão no seu clube privado, a cantar e a dançar. Olham a galinha cumprimentando-a alegremente e ela faz uma nova proposta: “Ajudam-me a colher?”. Ambos levantam as sobrancelhas e utilizam a mesma desculpa que tinham dado anteriormente, correm para dentro do clube e apertam as mãos, como quem diz “Bom Trabalho!”. A mãe galinha, ao ver a cena, pisca o olho aos filhotes, ou seja, tem qualquer coisa em mente.

Estamos já no final e vemos a galinha a cozinhar os mais variados pratos, com um aspecto extremamente delicioso, ela dirige-se à porta e observa os amigos. Assim que a vêm, queixam-se com dores de barriga e fingem estar zonzos, mas assim que a ouvem perguntar “Ajudam-me a comer?”, correm aos encontrões até à porta de sua casa e olham o cesto tapado que ela lhes deu, babando-se e preparando-se para comerem desenfreadamente. Rapidamente tiram o pano que tapava a misteriosa comida, deparam-se com uma garrafa de um óleo, óptimo para dores de barriga. Arrependidos por não terem sido prestáveis, os dois amigos castigam-se um ao outro, chutando o traseiro ao outro alternadamente.

Preferes uma história mais detalhada? Aqui tens a curta para veres com os teus próprios olhos:

A grande moral que podemos retirar desta história é que o trabalho traz recompensas. E foi certamente o que a mãe galinha nos conseguiu mostrar. Todos aqueles que trabalharam, puderam por fim, saborear os frutos do seu trabalho, enquanto que os dois amigos, foram presenteados com aquilo que tratava das suas mentiras.

Uma das maiores curiosidades sobre esta curta é sem dúvida a estreia do Pato Donald. Pois é! O pato agora mundialmente conhecido teve a sua primeira aparição a 9 de Junho de 1934 e manteve o seu fato azul de marinheiro, de apenas calças e boné e laço preto ao pescoço, até aos dias de hoje, sofrendo apenas alterações na sua anatomia. O Pato Donald faz este ano, 75 anos!

Créditos:

Director:

Bret Gillett

 

Animadores:

Art Babbitt

Dick Huemer

Dick Lundy

Frenchy de Tremaudan

Gerry Geronomi

Ward Kimball

 

Vozes:

The Wise Little Hen – Florence Gill

Donald Duck – Clarence Nash

Porco Peter – Pinto Colvig

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: