Uma Vida de Insecto – Análise

flik

No formigueiro de Flik, as formigas são obrigadas a recolher comida que chegue para elas e ainda para os gafanhotos, durante todo o ano. Se as formigas não recolherem comida suficiente para os gafanhotos, então Hooper, o líder do bando de gafanhotos, ameaça atacar o formigueiro. Quando toda a comida já se encontrava reunida para os gafanhotos, Flik, numa das suas desastrosas experiências mecânicas faz com que toda a comida caia num riacho, momentos antes da visita de Hooper e do seu bando. Furioso com a falta de comida, Hooper ameaça a Rainha do formigueiro que, se até ao fim da estação as formigas não tivessem recolhido uma dose dupla de comida para os gafanhotos, então o seu bando iria atacar o formigueiro sem piedade.

Perante estas ameaças, as formigas acusam Flik de ser o culpado por toda esta situação e este, de modo a compensar os seus actos, sugere ir em busca de “insectos guerreiros” que ajude as formigas a lutarem contra os gafanhotos. O Conselho da Rainha aceita a sugestão de Flik e deixa-o partir em busca de guerreiros. Na sua viagem, Flik encontra um grupo de circo cujas últimas actuações se têm revelado um fracasso. Ao confundir os elementos deste grupo com grandes insectos guerreiros, Flik revela-se determinado a levar estes insectos para a sua colónia. O grupo, convencido de que Flik era nada mais nada menos que um caça-talentos, aceita o seu convite.

Quando chegam à colónia de Flik, os guerreiros são logo aclamados como grandes heróis e os salvadores daquele formigueiro. Atta, a filha mais velha da Rainha, fica surpreendida com o sucesso de Flik mas logo desconfia dos dons heróicos deste grupo na sua apresentação à colónia. No entanto, quando os elementos do grupo se unem para salvarem a pequena Dot, irmã de Atta, a princesa começa a acreditar que o grupo será capaz de fazer frente aos gafanhotos.dot

Entretanto Flik descobre que Hooper, o terrível líder do bando dos gafanhotos, tem medo de pássaros, propõe que a colónia e os guerreiros se unissem para construírem um pássaro artificial. Entusiasmadas com a ideia brilhante de Flik, as formigas deixam a recolha de comida de parte e dedicam-se exclusivamente a este projecto. No entanto, na noite em que as formigas comemoram o fim do seu projecto, PT, o director do circo ao qual os supostos guerreiros pertenciam, aparece desesperado na colónia à procura dos seus artistas.

Desiludida com a mentira de Flik, a princesa Atta dá ordens para que este seja exilado da colónia e para que as formigas escondam o projecto de pássaro que construíram e recolham o máximo de comida possível até à chegada de Hooper.

No entanto, o líder do bando dos gafanhotos chega mais cedo que o previsto e, ao ver que as formigas não recolheram a comida que exigira, toma posse da colónia e obriga as formigas a recolherem toda a comida da ilha. Dot, a pequena irmã de Atta, ouve um segredo entre gafanhotos e descobre o seu malévolo plano: matar a Rainha. Dot foge e corre pela ilha à procura de Flik. Quando o encontra, juntamente com os artistas, Dot convence-os a voltarem para fazerem o pássaro voar. Mas o pássaro não vai resultar, pois PT irá interferir, pegando fogo ao projecto das formigas e revelando que o pássaro é falso. Hooper descobre que Flik é quem está por detrás do projecto do pássaro e decide matá-lo. No entanto, um pássaro verdadeiro surge do meio da chuva e vê em Hooper um bom petisco, deixando as formigas para sempre a salvo dos terríveis gafanhotos.

Entra no mundo dos insectos e descobre que o ser mais insignificante do mundo, que uma simples formiga, pode vir a ser o maior herói de todos os tempos! Diverte-te, ri e entra na maior aventura de todos os tempos com o humor e a coragem de Flik sempre ao teu lado!

As personagens não poderiam ser melhores: extremamente divertidas e cheias de bom humor durante toda a história. O cenário é igualmente extraordinário: sempre cheio de cores vivas e muito convidativo.

**

A animação é, sem dúvida, das melhores até hoje conseguidas, depois de outras grandes produções como Sininho e Wall-E. Uma colorida e inovadora animação a computador marcou o cinema de animação da época, algo que se notou desde logo no sucesso das bilheteiras.

Repleto de uma moral maravilhosa sobre o trabalho de equipa e a determinação, “Uma Vida de Insecto” delicia qualquer criança ou até mesmo adulto.

Realizador: John Lasseter

Co- Realizador: Andrew Stanton

Produção: Darla K. Anderson e Kevin Reher

História: John Lasseter, Andrew Stanton e Joe Ranft

Música: Randy Newman

Edição: Lee Unkrich

Director de Fotografia: Sharon Calahan

Designer de produção: William Cone

Director Técnico: Graham Walters

Screenplay: Andrew Stanton, Don McEnery e Bob Shaw

Nota (segundo os parâmetros do blog: de 0 a 5): 4,5

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: